CONDEMAT leva capacitação do Projeto AVC a Salesópolis

Cerca de 60 profissionais da rede municipal de saúde participam de treinamento com profissionais do Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo

Salesópolis recebeu nesta terça-feira (24/09) a oficina de capacitação de profissionais da rede pública de saúde no Projeto AVC “Mudando a Vida de Quem Chega a Tempo”. A iniciativa do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê, em parceria com o Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, tem o objetivo de agilizar o socorro de pacientes e reduzir os riscos de óbitos e sequelas decorrentes do Acidente Vascular Cerebral.

Mais de 60 agentes públicos da rede municipal de saúde de Salesópolis, desde equipes de apoio até médicos, participaram da capacitação ministrada pelo cardiologista Gustavo Bittencourt, coordenador dos Setores Críticos do Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo.

O treinamento abordou desde as estatísticas de casos e possíveis sintomas do AVC até os protocolos de atendimento, com destaque para o objetivo principal do projeto: a chegada do paciente no hospital num prazo inferior a 4,5 horas. Esse é o tempo necessário para os procedimentos médicos que podem garantir a sobrevida e minimizar possíveis sequelas.

A grande importância desse Projeto AVC é o fator tempo. É justamente trazer o paciente o quanto antes para o hospital e dar condições de vida a ele. Salesópolis, junto aos outros municípios do Condemat, está empenhado em buscar alternativas para permitir isso e melhorar a saúde da população”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Paulo Arouca Sobreira.

Na abertura da capacitação, o prefeito Vanderlon Oliveira Gomes fez questão de destacar a importância do envolvimento dos agentes públicos de saúde na redução das estatísticas do AVC e também o apoio da sociedade civil, também presente no evento. “Para esse projeto dar certo é preciso o entendimento de todos. Hoje estamos treinando os profissionais da saúde e em novembro vamos ter um trabalho de conscientização da comunidade. Com essa união será possível evoluir”, disse o prefeito.

Salesópolis é a segunda cidade da Região a receber a capacitação de profissionais no Projeto AVC. Na semana passada, agentes técnicos de Santa Isabel passaram pelo treinamento, que será realizado também em Arujá, Biritiba Mirim, Guararema e Mogi das Cruzes. Inicialmente, o projeto atenderá as seis cidades que têm, como referência em atendimento, o Hospital Luzia de Pinho Melo.

O Projeto AVC completou um ano em agosto. Ele foi desenvolvido depois que passamos a entender porque não conseguíamos tratar de forma efetiva os pacientes de uma doença que é a segunda principal causa de morte na população com mais de 65 anos e que, apesar da prevalência por essa faixa etária, não discrimina e pode vitimar até mesmo crianças”, alertou o médico Gustavo Bittencourt.

A melhoria nas estatísticas de morte e sequelas por AVC está relacionada a um protocolo de atendimento, que deve ser adotado dentro das primeiras 4,5 horas e inclui triagem, tomografia para identificação do tipo de derrame e a trombólise, medicação indicada para o controle da doença.

A parceria com o CONDEMAT é essencial porque precisamos que os pacientes das cidades atendidas pelo Luzia tenham condições de terem o AVC diagnosticado rapidamente e receber o tratamento no tempo necessário”, conclui Bittencourt.

Na próxima semana, será a vez de Biritiba Mirim receber a capacitação do Projeto AVC.

 

Comentários