Prefeituras decidem pelo fechamento de parques e restringem atendimento ao público

Prefeituras decidem pelo fechamento de parques e restringem atendimento ao público

Em reunião do CONDEMAT, prefeitos optam pela manutenção do transporte municipal mas com redução da oferta de viagens

Os prefeitos do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê participaram de uma videoconferência na tarde desta sexta-feira (20/03) para discutir as medidas preventivas ao coronavírus. Agora, já são cinco as cidades que têm casos confirmados da doença e a preocupação é o cenário de aumento de pacientes projetado pelas autoridades de saúde.

Diante disso, os prefeitos decidiram pelo imediato fechamento de todos os parques públicos e pela restrição no acesso de pessoas nas Prefeituras. A orientação é manter o atendimento presencial apenas nos casos excepcionais e incentivar  o uso dos serviços online. Algumas administrações também optaram por reduzir o horário de funcionamento.

Com relação ao transporte municipal, o Conselho de Prefeitos do CONDEMAT considerou importante manter a circulação dos ônibus, mas com redução gradativa na oferta de viagens e horários, como decidido no início da semana.

Quanto ao comércio, a posição da maioria dos prefeitos é pela recomendação de suspender as atividades, mantendo o funcionamento apenas dos segmentos essenciais como farmácias, supermercados e postos de gasolina. Nos restaurantes, vale a orientação para os serviços de entrega.

“Neste momento, caberá a cada cidade decidir, em conjunto com os representantes dos setores produtivos, o melhor a ser feito. O importante é o convencimento de todos sobre a situação atual e a necessidade de permanência do maior número de pessoas possíveis dentro das suas casas”, ressaltou o presidente do CONDEMAT, Marcus Melo.

As três cidades da Região que possuem hospitais ou unidades sob gestão municipal – Mogi das Cruzes, Santa Isabel e Suzano – também já solicitaram à Secretaria de Estado da Saúde a habilitação de novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para atender a demanda esperada de pacientes de coronavírus. Há o pedido do CONDEMAT, também, para o aumento de leitos nos hospitais estaduais.

Atualmente, o Alto Tietê possui 220 leitos de UTI e isolamento na rede estadual e 149 na rede privada. Porém, não há informação de quantos estão disponíveis.

 

Deixe uma resposta